Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Trabalhista Reclamatória trabalhista de empregado manipulava produtos químicos

Petição - Trabalhista - Reclamatória trabalhista de empregado manipulava produtos químicos


 Total de: 15.244 modelos.

 
O reclamante pretende o devido pagamento de horas extras, repouso semanal remunerado, adicional noturno, diferenças salariais, adicional de insalubridade e FGTS.

 

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA MMª. VARA DO TRABALHO DE ....



...................................., (qualificação), residente na Rua .... nº ...., Bairro ...., na Cidade de ...., por sua procuradora judicial, adiante assinada, vem respeitosamente à presença de V. Exa., com a finalidade de propor

 
RECLAMATÓRIA

em face de ...., estabelecida na Rua .... nº ...., Bairro ...., na Cidade de ...., tendo em vista os seguintes motivos de fato e de direito:

a. O reclamante foi admitido em .../.../... e demitido sem justa causa em .../.../...

b. Sua evolução salarial é a constante nas fotocópias em anexo.

c. Trabalhou até o mês de .../... das .... às .... horas, de segunda à sexta-feira, prorrogando esta jornada até .... horas e aos sábados das .... às .... horas.

Neste período, a reclamada exigia que o autor registrasse as jornadas em dois cartões, um para as horas normais e outro para as horas extras, devendo desde logo a reclamada juntar tais documentos, sob as cominações do art. 359 do CPC.

Depois do mês de ..../... passou a laborar das .... às .... horas, de segunda à sexta-feira e, aos sábados, das .... às .... horas.

Neste período, anotava sua jornada de trabalho em um só cartão ponto.

d. Tem direito as horas extras, assim consideradas as excedentes de oito, com o adicional de 30% e de 60% para as excedentes da décima semanal, respeitada a jornada semanal do instrumento normativo, considerando a redução da hora noturna, com os reflexos de lei.

e. A reclamada não cumpria as disposições do art. 66 da CLT, devendo ser consideradas como extras as horas laboradas em desrespeito a tal intervalo.

f. O repouso semanal remunerado não foi pago da forma prevista em lei. É devido com os consectários legais.

g. O reclamante desempenhava as mesmas funções do Sr. ...., que, entretanto, recebia um salário maior. Tem direito das diferenças salariais, em dobro, decorrentes da equiparação salarial, com os reflexos de lei.

h. Pelas horas trabalhadas no horário compreendido entre .... e .... horas é devido o adicional noturno, considerando a redução da hora noturna, com os reflexos de lei.

i. O reclamante trabalhava em funções e ambiente insalubres no setor de tornos mecânicos e automáticos, manipulando com óleos e produtos químicos, entre inúmeros agentes insalubres, citamos barulho, gases, fuligem, fumaça. Tem direito ao adicional de insalubridade de 40% sobre o salário da categoria, com os reflexos de lei.


ASSIM RECLAMA:

1. HORAS EXTRAS - todas as excedentes de oito, com o adicional de 30% e de 60% para as excedentes da décima semanal, considerando a jornada semanal da convenção coletiva, as horas trabalhadas em desrespeito ao art. 66 da CLT e a redução da hora noturna, com reflexos no aviso prévio, férias, 13º salário - todo o período.

2. REPOUSO SEMANAL REMUNERADO - sobre as horas extras, adicional noturno, adicional de insalubridade, diferenças salariais, com reflexos no aviso prévio, férias, 13º salário - todo o período.

3. ADICIONAL NOTURNO - 20% sobre o salário, considerando a redução da hora noturna, com reflexos no aviso prévio, férias, 13º salário, horas extras - todo o período.

4. DIFERENÇAS SALARIAIS - em dobro, decorrentes da equipação salarial, com reflexos no aviso prévio, férias, 13º salário, horas extras, adicional noturno, adicional de insalubridade- todo o período.

5. ADICIONAL DE INSALUBRIDADE - 40% sobre o salário da categoria, com reflexos no aviso prévio, férias, 13º salário, horas extras, adicional noturno, adicional noturno - todo o período.

6. FGTS - 8,8% sobre as verbas aqui pleiteadas.


ANTE O EXPOSTO, REQUER:

1. A notificação da reclamada para, querendo, contestar a reclamatória, sob as penas da lei.

2. A condenação da reclamada no pagamento do pedido, acrescido de juros sobre o capital corrigido, correção monetária na forma da lei e custas processuais.

3. A produção de todas as provas em direito admitidas, especialmente, o depoimento pessoal da reclamada, ouvida de testemunhas e juntada de documentos.

Valor de alçada: R$ .... (....).

Temos em que,

pede deferimento.

...., .... de .... de ....

...................
Advogado OAB/...

Veja mais modelos de documentos de: Petição - Trabalhista
Reclamatória trabalhista de desconto indevido
Pleiteia-se o reconhecimento de vínculo trabalhista contra o subempreiteiro, além do requerimento
Reclamação trabalhista com requerimento de indenização, ante dispensa por acusação injusta de cri
Contestação à reclamatória trabalhista, sob alegação de que cumpriu com os deveres trabalhistas,
Contestação sob alegação de inexistência de vínculo empregatício, uma vez que houve prestação de
Memoriais apresentados pela reclamada, em que alega a inexistência de nexo de causalidade
Contestação à reclamatória trabalhista, no qual a empresa alega má-fé da reclamante ao apresentar
Embargos de terceiro - Suspender praceamento de bem
Pedido de arresto de bem
Reclamatória trabalhista em que se pleiteia o pagamento de salários e verbas rescisórias oriundas
Reclamatória trabalhista, pleiteando-se reajuste nos salários não pagos, férias em dobro e reflex
Interposição de protesto judicial por parte de sindicato dos trabalhadores, com a finalidade de a