Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Trabalhista Contestação à reclamatória trabalhista, sob alegação de pagamento de todas as verbas concernentes ao contrato de trabalho temporário

Petição - Trabalhista - Contestação à reclamatória trabalhista, sob alegação de pagamento de todas as verbas concernentes ao contrato de trabalho temporário


 Total de: 15.244 modelos.

 
Contestação à reclamatória trabalhista, sob alegação de pagamento de todas as verbas concernentes ao contrato de trabalho temporário.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DA .... VARA DO TRABALHO DE ..... ESTADO DO .....

AUTOS/ RT Nº ....

....., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o n.º ....., com sede na Rua ....., n.º ....., Bairro ......, Cidade ....., Estado ....., CEP ....., representada neste ato por seu (sua) sócio(a) gerente Sr. (a). ....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG nº ..... e do CPF n.º ....., por intermédio de seu advogado (a) e bastante procurador (a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência apresentar

CONTESTAÇÃO

à reclamatória trabalhista interposta por ....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

DOS FATOS

Em .... de ....... de ........., o reclamante firmou Contrato de Trabalho Temporário com a reclamada (doc. n.º ....) para suprir necessidade transitória junto à empresa cliente ..........., visto que esta necessitava de pessoal adicional ao seu quadro normal de funcionários devido à necessidade transitória causada por acúmulo de serviço, conforme o Contrato de Prestação de Serviços Temporário anexo, firmado entre as empresas (doc. .....). Ocupava a função de ....... e recebia a importância de R$ ........... (..............) por hora. Encerrou sua contratação temporária em ... de ....... de .........., pelo término do Contrato de Trabalho Temporário, obedecidos os termos da Lei 6019/74 que regula esta espécie de contratação. Recebeu todas as verbas que lhe eram devidas conforme prova-se.

Houve simples término do contrato de trabalho temporário, por prazo determinado, em lei e no próprio contrato (cláusula II do contrato assinado pela reclamante).

O reclamante afirma que durante o vínculo empregatício, cumpriu jornada de segunda-feira a domingo das ....h...min às ....h....min sem intervalo para descanso e alimentação, não sendo considerada a redução da jornada noturna, devendo as mesmas serem pagas, bem como o pagamento em dobro de todos os domingos e feriados.

Afirma que não usufruiu de intervalo de uma hora para refeição, devendo a mesma ser paga com adicional de 50%.

Alega que o contrato por prazo experimental não poderia exceder a 30 dias, e que o mesmo tinha cláusula de recíproca rescisão, e pelo disposto no art. 479 da CLT todos os valores rescisórios deveriam ser pagos como contrato por prazo indeterminado. Alega ainda, que as verbas rescisórias não foram pagas corretamente devendo a reclamada ser condenada ao pagamento da multa correspondente a uma remuneração mensal, conforme art. 477, § 8º da CLT.

O reclamante requer o que segue.

a) Requer o aviso prévio com reflexos em 13º salário, férias, FGTS e DSR. Improcedem tal pedido.

b) Requer horas extras correspondente a uma hora e cinqüenta minutos diários, considerando a redução de jornada noturna, com adicional de 100% nos dias úteis e 150% nos domingos e feriados, com reflexos em aviso prévio, 13º salário, férias, FGTS e DSR. Improcedem tal pedido.

c) Pede o pagamento em dobro de todas as jornadas laboradas nos feriados, no período, e com reflexos aviso prévio, 13º salário, férias, FGTS e DSR. Improcedem tal pedido.

d) Pleiteia o pagamento de uma hora diária com adicional de 50%, ante a não concessão de uma hora para refeição, conforme fundamentação e disposição do art. 71, §4º da CLT com reflexos em aviso prévio, 13º salário, férias, FGTS e DSR. Improcedem tal pedido.

e) Pede o pagamento da multa de correspondente a um salário mensal conforme fundamentação e disposição da lei 7238/84 art. 9º. Improcedem tal pedido.

f) Pede a dedução de todo e qualquer valor efetiva e demonstradamente pago sob quaisquer dos pedidos acima. Improcedem tal pedido.

g) Pleiteia a diferença de todos os valores pagos na rescisão contratual, tendo em vista que inexistiu consideração dos valores concernentes ao adicional noturno, bem assim, da média das horas extras laboradas. Improcedem tal pedido.

h) Requer que os valores acima sejam apurados em liquidação de sentença. Improcedem tal pedido.

DO DIREITO

Em face do exposto, respeitosamente, a reclamada requer sejam considerados os argumentos e documentos probantes anexados, uma vez que servem de instrumento probatório da realidade dos fatos narrados nesta defesa e da comprovação dos pagamentos proferidos ao autor.

Por se tratar de contrato de trabalho temporário, regido pela Lei 6019/74, todas as verbas devidas foram quitadas.

DOS PEDIDOS

A reclamada requer, caso algum direito venha a ser reconhecido ao reclamante, o que se admite apenas para fundamentar a argumentação e sem conceder, que o seu valor seja apurado afinal, em liquidação de sentença e, deste, seja desde logo autorizado o desconto dos valores referentes à contribuição previdenciária de responsabilidade do empregado e ao imposto de renda retido na fonte, de forma a possibilitar à reclamada o cumprimento das obrigações legais, de retenção e recolhimento.

Requer, ad cautelam, o depoimento pessoal do reclamante, a oitiva de testemunhas e a produção de todas as provas em direito admitidas, bem como a juntada de novos documentos que possam ser necessários para a competente instrução do feito e a compensação dos valores pagos atualizados monetariamente. Não restando nada mais a protestar, e resultando demonstrada a ausência de fundamentação legal à postulação inicial, relativamente a esta reclamada, nos termos desta contestação, requer seja julgada totalmente improcedente a presente reclamatória trabalhista.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Trabalhista
Reclamatória trabalhista de comprovação da gravidez
Reclamação trabalhista de hora extra
Contestação oferecida pela seguradora - denunciada à lide - em ação de indenização por acidente d
Indenização por dano moral em face de dispensa de empregado pelo motivo de ser portador de vírus
Reclamação trabalhista de anotação em CTPS
Ação rescisória com fundamento na prescrição
Contestação à reclamatória trabalhista sob alegação de ser indevido o pagamento de horas extras e
Interposição de recurso de revista, tendo em vista violação à lei federal
Reclamatória trabalhista com pedido de adicional de insalubridade e reintegração ao trabalho
Reclamatória trabalhista, onde a reclamante pugna pela reintegração ou indenização
Reclamação trabalhista de diferenças salariais e verbas rescisórias
Reclamação trabalhista de decisão transitada em julgado