Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Impugnação à contestação em medida cautelar de exibição de documentos (01)

Petição - Civil e processo civil - Impugnação à contestação em medida cautelar de exibição de documentos (01)


 Total de: 15.245 modelos.

 
Impugnação à contestação em medida cautelar de exibição de documentos.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

AUTOS Nº .....

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., por intermédio de seu (sua) advogado(a) e bastante procurador(a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente, nos autos em que contende com ....., à presença de Vossa Excelência apresentar

IMPUGNAÇÃO À CONTESTAÇÃO

pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

DOS FATOS

Pretende a empresa requerente a exibição dos demonstrativos dos valores pagos à instituição financeira, referente a dois financiamentos descriminados na vestibular.

Tais documentos fazem-se necessários para a verificação dos encargos praticados, das datas de pagamento e da quantia efetivamente paga, a fim de verificar se a dívida foi devidamente cobrada.

Proposta a presente ação de exibição de documentos, o requerido contestou a mesma, presumindo-se de sua própria argumentação a necessidade de apresentação dos extratos, uma vez que em sendo efetuada através de depósito em conta-corrente, não guarda o requerido nenhuma prova do adimplemento da dívida.

Tais os fatos necessários.

DO DIREITO

1.DO INTERESSE DE AGIR.

Falta de interesse de agir é a completa ausência de interesse no litígio, ou seja, ocorre quando não há resistência à pretensão deduzida em juízo.

No caso em epígrafe, não se desvenda tal situação, já que há uma pretensão resistida pela presença de interesses opostos, o da instituição financeira em fornecer apenas demonstrativos exemplificativos, e o do devedor em receber uma documentação detalhada da real situação de sua dívida.

Logo, não há que se falar em falta de interesse de agir, uma vez que em sendo a empresa requerente titular de um financiamento, tem direito a exibição dos documentos que se fizerem necessários para provar o caso em questão.

Dessa forma, os contratos e extratos acostados aos autos não bastam para fazer prova da dívida, uma vez que em sendo uma construção unilateral formulada pela instituição financeira, como mero demonstrativo das quantias adimplidas, não reflete de maneira ampla a situação global da dívida.

Assim, os documentos que estão em poder da empresa requerente não condizem com a situação real apresentada, uma vez que a simples informação de datas e valores das parcelas não demostram efetivamente os encargos e forma como vêm sendo cobrada a dívida.

Portanto, não resta a presente ação carente, passível de extinção sem julgamento do mérito, haja vista a qualidade do titular em requer prova de sua dívida, assim como, os meios de que dispõe não serem o bastante para provar o débito.

2.DO "FUMUS BONI IURIS" E DO "PERICULUM IN MORA".

Tratando-se o presente pedido de acionamento cautelar, necessária se faz a configuração dos dois pressupostos para a sua procedência, tais sejam, o "periculum in mora" e o "fumus boni iuris".

O "fumus boni iuris", ou a aparência de existência do direito material, reflete-se no fato de que, o mutuário, tem o direito de verificar o montante que pagou em virtude de contratos de financiamento, principalmente no caso aqui em análise quando verifica-se que o pagamento dava-se através de débito em conta-corrente.

Em virtude da ausência da especificação nos extratos enviados, a requerente simplesmente não pôde efetivar o controle do montante que já foi pago e do que ainda é devido, já que o simples cálculo aritmético, tal qual afirma o requerido, não é o bastante para a verificação dos encargos praticados e do montante devido.

Seguindo a jurisprudência emanada do Superior Tribunal de Justiça, o Egrégio Tribunal de Justiça de Goiás, determinou que o correntista tem direito ao acesso dos documentos, onde restem discriminados os valores que pagou com a correta especificação dos encargos incidentes, senão vejamos:

PRESTAÇÃO DE CONTAS - AÇÃO PESSOAL - ENVIO DE EXTRATOS BANCÁRIOS - RATIFICAÇÃO PRESUMIDA - INTERESSE DE AGIR - LANÇAMENTO DE DÉBITO EM CONTA-CORRENTE -

1. Prescreve em 20 anos a ação de prestação de contas, por sua natureza de ação pessoal.

2. Tem interesse de agir o cliente que intenta a ação de prestação de contas para compelir a instituição bancária a aclarar as relações de débito e crédito constantes de extratos, sendo juris tantum a presunção de ratificação de lançamentos não reclamados em prazo regulamentar.

3. Lançamentos argüidos irregulares, efetivados em conta-corrente, sem autorização de seu titular, sujeitam o banco à prestação de contas. (TJGO - AC 27.114-0 - 2ª C. - Rel. Des. Jalles Ferreira da Costa - J. 14.05.1992) (RJ 180/84)

Demonstrado, pois, o preenchimento do primeiro pressuposto.

O segundo requisito imposto para o aforamento de ação cautelar é o "periculum in mora", ou seja, a irreparabilidade ou difícil reparação do direito, caso se tenha que aguardar o regular trâmite do processo.

A instituição financeira requerida, através do Cartório de Títulos e Documentos desta Comarca, já enviou à requerente notificações, constituindo-a em mora, o que, processualmente, já autoriza a propositura de acionamento executório ou cobratório, sendo que, se a instituição financeira suplicada optar pelo primeiro caminho, o requerente necessariamente deverá dispor de seus bens para poder opor embargos à execução e exercer o seu direito à ampla defesa.

Assim, demonstrado o preenchimento dos requisitos processualmente impostos à formulação do presente pedido, necessária se faz a sua concessão.

3.DA INSUFICIÊNCIA DOS DEMOSTRATIVOS FORNECIDOS.

A instituição financeira, através do fornecimento de extratos simplificados, tenta eximir-se da obrigação de detalhar as operações realizadas.

Contudo, tais documentos acostados aos autos não bastam para fazer prova da dívida, requerendo o requerente a apresentação dos demonstrativos detalhados, a fim de que se possa verificar quanto a regularidade da cobrança da dívida.

Assim, a empresa requerente requer a exibição dos documentos gerais e globais dos financiamentos, para se avaliar os encargos cobrados, assim como verificar a que contrato se relacionavam as parcelas pagas.

DOS PEDIDOS

Diante do acima exposto, permite-se a requerente, na exata forma legal, requerer sejam devidamente providas as razões ora desfiladas, concedendo-a in limine, ordenando-se a exibição dos documentos, consistentes nos demonstrativos dos valores pagos e datas dos contratos mencionados na inicial intimando-se a instituição financeira requerida do r. decisório, na pessoa de seu gerente local Sr. ........................, à Rua .........., nº ........, em ............... ou, recusando este a intimação, seja a mesma promovida perante o Presidente da instituição requerida, Sr. ..........., na ..........., Município e Comarca de ..........., Edifício Central do ........., por AR, dado ser pessoa jurídica o requerido, fornecendo-lhe cópia do decisório liminar, para fazer o que entenda processualmente correto.

Visto o andamento processual, sejam deferidas as provas, em especial a prova pericial, esta determinatória do excesso execucional, da prática de agiotagem e, em seguida, as provas testemunhal, documental, inclusive o depoimento pessoal do requerido sob pena de confissão, na exata forma dimensionada pelo ordenamento jurídico vigente.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Agravo de instrumento de pedido de arquivamento
Pedido para retificação de patronímico incluído ao nome de mulher após o matrimônio
Ação declaratória de reversão de imóvel
Pedido de correção parcial de repetição de indébito c/c tutela antecipada
Contestação à ação de despejo em face do não pagamento de aluguel
Interposição de agravo regimental em face de decisão do desembargador relator pela intempestivida
Ação onde se requer a utilização de imóvel penhorado
Ação de divórcio direto litigioso
Ação de execução de título extrajudicial de impugnação aos embargos
Contestação à ação popular por ilegalidade do objeto
Contestação à ação de busca e apreensão de veículo, sob alegação de pagamento de mais de 80% do v
Conversão litigiosa em divórcio de perda do nome pela mulher