Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Contestação à ação de usucapião

Petição - Civil e processo civil - Contestação à ação de usucapião


 Total de: 15.244 modelos.

 

Contestação à ação de usucapião. (CC, art. 550)

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA Xª VARA CÍVEL DESTA COMARCA

ALEXANDRE MAGNUS, comerciário e sua esposa ALEXANDRINA MAGNUS, professora, brasileiros, inscritos no CPF/MF sob nºs 456.446-72 e 457.457.27, respectivamente, residentes e domiciliados na Rua Rui Barbosa n 15, nesta cidade, pelo procurador firmatário, constituido conforme instrumento de mandato incluso, com escritório profissional na Rua Sete de Setembro nº 1.822, onde recebe intimações, vêm, com o devido respeito, à presença de V. Exa., contestar a AÇÃO DE USUCAPIÃO promovida por TÚLIO BORGES e sua mulher LUCRÉCIA BORGES, pelas razões que a seguir expõe.

PRELIMINAR

A presente ação deve ser julgada inepta, por absoluta falta de legitimidade para a causa, eis que os autores não atendem os requisitos indispensáveis à aquisição da propriedade pelo instituto do usucapião, eis que não são e nunca foram detentores da posse mansa, pacífica e ininterrupta, com "animus domini" pelo lapso temporal previsto em lei, como se afirmará nas seguintes razões de mérito e se compravará na fase instrutória do feito.

MÉRITO

1. Os contestantes são legítimos proprietários titulados do imóvel a seguir descrito e caracterizado, a saber: UM TERRENO, constituído pelo lote nº 310, da quadra nº 08, da Vila Vale do Sol, dentro do quarteirão formado pelas seguintes vias públicas: Avenida Getúlio Vargas, ruas Marechal Floriano, Padre Diogo Feijó e República; medindo 10m00 (dez metros) de frente à Rua República, lado impar da numeração, tendo nos fundos a mesma largura de 10m00 (dez metros), onde entesta com o lote nº 320, de propriedade de Aurélio Quinto e sua mulher Porcina Quinto; dividindo-se por um lado, ao Norte, na extensão de 30m00 (trinta metros), com o lote nº 311, de propriedade de Marcos Augusto; e pelo outro lado, ao Sul, com o lote nº 309, de propriedade de Cícero Pompeu e Nícia Pompeu.

Esse imóvel está matriculado sob o número 1415 do Cartório do Registro de Imóveis desta Comarca, em nome dos contestantes, como demonstra com a certidão inclusa, expedida por aquele órgão registral.

2. Sucede que dito imóvel foi dado em comodato a Manoel Ambrósio, por prazo indeterminado, em agosto de 1.978, de acordo com os termos do contrato firmado dentro dos requisitos legais, cuja cópia instrue a presente resposta.

E, como aos ora contestantes não mais interessava manter o empréstimo, procederam, no mês de dezembro de 1.997, a notificação judicial do comodatário, denunciando o comodato e assegurando-lhe o prazo de 30 dias para que desocupasse o imóvel.

3. Agindo com absoluta má-fé, aquele comodatário, ao invez de restituir o bem aos comodantes, cedeu sua posse aos autores da presente ação de usucapião.

4. Assim, os autores não detêm a posse "ad usucapionem" do imóvel e nem o "animus domini", assim como aquele cedente-comodatário, eis que os contestantes, seus legítimos proprietários sempre conservaram a posse indireta, na condição de comodantes.

Em razão do exposto, com base nas provas ora carreadas e com as que serão produzidas na fase de instrução, requerem a improcedência da ação de usucapião e a condenação de seus autores no pagamento das custas processuais, honorários advocatícios e demais verbas inerentes à sucumbência.

Protestam por todo o gênero de provas e requerem a sua produção pelos meios admitidos em direito, como juntada de documentos, perícias, inquirição das testemunhas abaixo arroladas, que deverão ser intimadas para depor em audiência e depoimento pessoal dos autores, sob pena de confissão.

Nestes termos

Pedem deferimento.

Local e data

Assinatura do procurador.

ROL DE TESTEMUNHAS:

1. Urbano Cidade

2. Brasilino Cabral

3. Inocêncio Pureza


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Recurso especial em ação ordinária para rescisão de negócio jurídico
Ação de rescisão de contrato particular de comodato e autorização para edificação, cumulada com p
Pedido de homologação de acordo em ação declaratória de nulidade
Ação de investigação de paternidade, cumulada com pedido de alimentos
Embargos a arrematação pelo fato do embargante já ter quitado a dívida
Ação consignatória para depósito de alugueres majorados abusivamente
Contra minuta ao agravo de instrumento de recurso extraordinário
Pedido de adjudicação compulsória para outorga de escritura pública de compra e venda, ante à qui
Pedido de alvará judicial para levantamento de saldo em conta corrente, em face de falecimento do
Contestação de ação de regulamentação do direito de visitas
Ação para informação do endereço das testemunhas arroladas
Pedido de abertura de inventário na forma de arrolamento