Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Aposentadoria - Difícil planejar? Previdência pode ajudá-lo a pensar no futuro 

Data: 16/09/2008

 
 

Você já parou para pensar no objetivo da Previdência Complementar, ou Previdência Privada?

Pois este pode ser um bom caminho, se você tem encontrado dificuldades para planejar sua vida financeira no presente, e quanto mais no futuro! Você sabe por quê?

Seria ótimo manter o mesmo padrão de vida ao se aposentar, certo? Pois o objetivo da Previdência Privada é justamente esse: garantir sua saúde financeira na terceira idade.

Começando pela definição

Para muitas pessoas, o termo "complementar" sugere "algo a mais", ou melhor, que o seu objetivo seja, no futuro, o de garantir um padrão de vida maior do que o de agora. Pois saiba que este erro faz com que muitos vejam a Previdência Complementar como algo que seria bom ter, mas não necessariamente fundamental.

Mas a realidade não é bem assim. Fica mais fácil entender, se você considerar como são raros os casos daqueles que conseguem manter o padrão de vida na aposentadoria, contando apenas com a Previdência Social. Basta ver, ao redor, caso de parentes próximos ou distantes e amigos, que passam pela situação.

Neste caso, a Previdência Complementar se transforma em um instrumento importante de formação de patrimônio no longo prazo e, com isso, de preservação da qualidade de vida das pessoas na aposentadoria. Não se trata, portanto, de melhorar o que se tem, mas sim de preservar o que se tem!

Afinal, queira ou não, em algum momento da sua vida você não irá mais trabalhar, ou pelo menos não da maneira como está acostumado, certo? Mas o caminho é evitar que sua renda caia após a aposentadoria.

Através do investimento de longo prazo, ou da contratação de Previdência Complementar, as pessoas conseguem recuperar parte desta renda perdida... e aprendem a planejar o futuro!

Consumo: presente vs. futuro

Lembre-se sempre: o ato de poupar significa adiar o "consumo presente", com o objetivo de garantir o "consumo futuro". Porém, como ninguém poupa toda a sua renda, mas sim uma parcela dela, é preciso fazer com que a quantia poupada cresça ao longo do tempo, para assim preservar o padrão de vida na aposentadoria. E isso requer muita disciplina e força de vontade!

Que tal um exemplo? Pense no caso de uma pessoa com renda mensal de R$ 3 mil, e que poupa R$ 300 por mês. Na prática, isso significa que está fazendo uma renúncia parcial (em relação ao seu potencial de consumo), mas que, ao se aposentar, pretende ter acumulado o suficiente para garantir uma renda mensal de R$ 3 mil nessa fase de sua vida.

O padrão de vida futuro desta pessoa será fruto dos recursos acumulados no decorrer da sua vida ativa, o que, por sua vez, depende do prazo de acumulação, do retorno obtido com a aplicação dos recursos poupados e da quantia poupada.

Atenção às reservas acumuladas!

Fica fácil entender, portanto, que quanto maior a renúncia e o prazo de acumulação, maiores as reservas acumuladas e o padrão de vida futuro. Mas, qual o diferencial da Previdência neste processo de planejamento futuro?

Ainda que seja possível acumular dinheiro de outras formas, quando o foco é o longo prazo, o próprio perfil dos produtos de Previdência acaba ajudando no alcance destas metas. O conceito de contribuições periódicas, por exemplo, ajuda na criação do hábito de poupar, pois exige que, em determinadas datas, esta pessoa direcione parte de sua renda para poupança.

E mais: ao contratar um plano de previdência, você tem a opção de definir o recebimento dos valores que poupou durante a vida na forma de uma renda. Lembre-se, porém, que ela é calculada não só em relação ao que foi acumulado, mas também na sua expectativa de vida. O fato de levar a expectativa de vida em consideração é importante, pois define um padrão de renda mensal em linha com o seu perfil.

Tudo isso acaba lhe forçando a planejar os seus gastos na aposentadoria. Não são raros os casos de pessoas que, tendo optado por investir sozinhas, acabam retirando o dinheiro aplicado logo nos primeiros anos de aposentadoria, esquecendo-se de que muitos outros virão! Sendo assim... planeje-se!
 



 
Referência: financaspraticas.com
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Economizar / PouparHorário de verão: Aproveite para reeducar consumo de energia no Horário de Verão
Carreira / EmpregoBenefícios concedidos pela empresa podem ser anulados?
Carreira / EmpregoVocê é um líder?
UtilidadesAdministrações Regionais de Saúde
Carreira / EmpregoEducação empreendedora – Um novo olhar para o mundo do trabalho
Currículo (curriculum)Organização no currículo pode render bons frutos
Negócios / EmpreendedorismoShopping, rua ou galeria: saiba como escolher o ponto comercial
Carreira / EmpregoÊxito no mundo corporativo não garante sucesso em futura carreira acadêmica
Investimentos / FundosConheça os erros mais comuns dos jovens, quando o assunto é investimento
ConsórcioCarta de crédito só é liberada quando as garantias são atendidas