Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Carreira / Emprego - Cargo público x emprego na área de formação acadêmica: como decidir? 

Data: 15/07/2009

 
 

Imagine a seguinte situação: você prestou um concurso público e, depois de um tempo, foi chamado para trabalhar. Porém, neste período, terminou a faculdade e está atuando na área em uma empresa privada. E agora, como decidir entre os dois empregos?

De acordo com a consultora de RH (recursos humanos) e diretora-executiva da Clarz Management, Luciana Botelho, antes de fazer uma escolha, o profissional precisa ficar atento aos desafios que ele irá enfrentar ao mudar para o cargo público, sendo o principal deles a adaptação cultural.

"O profissional que optar pelo cargo público tem de estar preparado para o fato de que suas ideias neste novo emprego podem demorar muito para serem aceitas, pois o sistema é mais lento. Por exemplo: para aprovar um orçamento, será necessário que o documento passe por diversos departamentos. Se fosse em uma empresa privada, o trajeto desse documento poderia ser menor e, logo, as chances de um projeto ser colocado em prática seriam mais elevadas".

Além disso, a consultora ressalta que o profissional terá de correr atrás do conhecimento técnico para desempenhar a sua função no cargo público, vaga que pode não estar relacionada com seu conhecimento acadêmico.

E se o profissional não gostar da nova função em um primeiro momento, saiba que isso pode mudar. "Se o profissional desenvolve um bom trabalho, ele pode passar a gostar do que faz porque passa a ser reconhecido".

O lado bom
Luciana lembra que há alguns benefícios que o concurso público pode oferecer, quando comparado ao emprego em uma empresa privada, como salários mais elevados e estabilidade.

Na opinião do gerente consultivo do Grupo Soma, Paulo Ishimaru, outro fator que pode auxiliar na decisão é a vida pessoal. "Se o profissional tem planos de ter filhos e não fez isso ainda porque considera que o seu salário não é suficiente, o cargo público pode oferecer uma remuneração maior", exemplifica.

Plano de carreira
Entretanto, tanto Ishimaru quanto Luciana afirmam que o profissional, antes de trocar de emprego ou permanecer no atual, deve fazer uma avaliação do seu plano de carreira.

"O profissional precisa pensar o que ele almeja para a sua carreira daqui há três anos, por exemplo. E, a partir disso, estabelecer as ações que ele terá de executar para alcançar esta meta", destaca Luciana.

"Geralmente, para conseguir executar outras funções, um funcionário público precisa prestar outro concurso. Já em uma empresa privada, com um departamento de Recursos Humanos estruturado, ele pode desenvolver um plano de carreira e subir de cargos mais rapidamente".



 
Referência: InfoMoney
Autor: Luana Cristina de Lima Magalhães
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Carreira / EmpregoNetworking para quem viaja: confira dicas de especialista para agir da forma correta
Finanças pessoaisVocê sabe qual é o patrimônio esperado para a sua idade?
FilhosEducação financeira: aprendizado deve vir "do berço"
UtilidadesCoordenadoria Especial da Mulher
AluguelPrazo: Existe um prazo mínimo de locação para imóveis residenciais?
Carro / VeículoVai financiar um carro? Veja quanto custa o seguro de proteção financeira
LeisNovo Código Civil ? Lei nº 10.406 de 10/1/2002 (Parte Especial) »»» Livro III - Do Direito das Coisas »»» Título I - Da Posse
MotivaçãoOnde estão suas idéias?
Turismo / ViagensVeja dicas de como viajar no ano novo sem ficar no vermelho
FilhosEscola não pode incluir produtos de uso coletivo na lista de material escolar