Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Ações / Bolsa de Valores - Especular e manipular: A diferença 

Data: 30/05/2007

 
 

A ação do especulador dentro do mercado financeiro é bastante polêmica. Costuma-se creditar aos especuladores os prejuízos com operações próprias mal sucedidas. É necessário entender a ação do especulador e, principalmente, desmistificar sua função. Na verdade, todos os administradores de recursos são de alguma forma especuladores. Sua função é buscar informações que não sejam de domínio público e que desestabilizariam o nível de preços vigentes. Estes gestores “especulam” se o Banco Central irá reduzir os juros, especulam a respeito do lucro de uma empresa, especulam sobre a estabilidade política, ou seja, estão constantemente procurando novas informações que desequilibrem o mercado. O administrador que assim não agir terá que se contentar com lucros inferiores à média do mercado, sendo cobrado pelos seus clientes por este desempenho medíocre.

Volta e meia as pessoas apontam os especuladores como os grandes vilões do mercado. Responsáveis pela queda das bolsas, explosão do dólar e inúmeros outros prejuízos.

A palavra speculum, em latim, quer dizer espelho/reflexo. De speculum surgiu speculare que significa refletir, analisar, investigar minuciosamente. O paradoxo do significado da palavra especular, se inicia dentro do próprio dicionário Aurélio. O verbo especular é definido como investigar, analisar minuciosamente. Já o adjetivo especulação é definido como pessoa que age de má fé.

As pessoas confundem o especulador com o manipulador de mercado. Este último atua em mercados sem liquidez. O manipulador, pelo seu tamanho muito superior ao mercado, consegue “direcionar” os preços. O mercado de câmbio passa por esta situação. É difícil ficar olhando a deterioração do quadro atual, acreditando na volta da racionalidade no futuro, porém, operar neste mercado no momento é contribuir para o caos. O problema não está só no câmbio, o aumento do volume de negócios com ADR’s brasileiros no mercado americano e a conseqüente redução da liquidez das nossas bolsas, aumenta nossa vulnerabilidade a manipuladores. Será que voltaremos ao início da década de 80, quando as bolsas eram comandadas por meia dúzia de manipuladores, concentrados no mercado de opções, que escolhiam os vencedores? Só o tempo dirá.



 
Referência: wiktionary
Autor: Valdir Jorge
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
MotivaçãoDinheiro motiva?
Carreira / EmpregoTrainee ou vaga efetiva: o que considerar antes de fazer esta escolha?
FilhosPai e filho: valor do dinheiro é último item em pesquisa do que é importante ensinar
Carreira / EmpregoProfissionais mentem mais quando escrevem por e-mail do que em papel
Modelos de documentosContrato - Locação de Área para Pastagem
Finanças pessoaisBalanço patrimonial: ferramenta importante do planejamento financeiro
Análise técnica (ações)A crise desvirtua sua gestão de risco? Proteja-se melhor utilizando o Stress Test
Modelos de documentosConstituição de Sociedade de Advogados
UtilidadesRemoção e liberação de veículos guinchados
Investimentos / FundosDebêntures: Um pouco mais sobre as debêntures: conheça seus tipos, formas e espécies