Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Filhos - Para consultores, mesada é a forma mais eficiente de introduzir crianças no mundo das finanças 

Data: 27/07/2010

 
 

Especialistas ouvidos pelo R7 avaliam que o uso de brinquedos para introduzir as crianças no mundo das finanças pode ser positivo, mas a tradicional mesada ainda é a forma mais eficiente de levar os conceitos financeiros à realidade infantil.

Mas uma boa preparação contra impulsos consumistas e endividamento desenfreado depende também de outros fatores, como o entendimento sobre o funcionamento das finanças e o acompanhamento dos pais, segundo avaliação do consultor e autor de best-sellers sobre finanças pessoais Gustavo Cerbasi.

- A mesada tem pouca utilidade, por exemplo, se os pais não acompanharem o uso desse dinheiro, se a criança ficar achando que o dinheiro é apenas para o consumo. Ela é boa quando os pais conversam, estimulam a criança usando exemplo do cotidiano dos adultos.

A presidente da SOS Consumidores - entidade de defesa do consumidor em São Paulo -, Marli Aparecida Sampaio, também considera que a tradicional mesada ainda é a solução mais indicada.

- Ela ensina a criança a poupar e não só a gastar como nos jogos. Com uma renda, seja ela quinzenal ou mensal, ela aprende a ter uma noção de valor, para saber se pode gastar na cantina da escola e poupar, por exemplo.

Inspirado no jogo “Monopoly” da Hasbro - empresa americana que produz jogos e brinquedo - a Estrela lançou no Brasil o Banco Imobiliário, que segue a mesma estratégia: a de acumular dinheiro para comprar o máximo de imóveis. Neste mês, o jogo ganhou uma nova versão, que substitui o dinheirinho por máquinas de cartões e usa nomes de empresas de verdade no tabuleiro.

A exposição às marcas e a transações financeiras terão efeitos sobre como a criança passará a lidar com o dinheiro e suas contas pessoais no futuro, segundo Claudia Kodja, gestora de investimentos e doutora em história econômica pela USP (Universidade de São Paulo).

Para Claudia, a introdução de marcas é uma tendência cada vez mais forte para o desenvolvimento de produtos, mas a presença delas no jogo pode ser “problemática”, pois inibe a possibilidade de escolha do consumidor.

- A possibilidade de escolher entre as marcas faz parte da educação da criança para a economia, enquanto a exposição das marcas específicas impossibilita essa escolha.

Para vencer nos jogos de tabuleiros, como o Banco Imobiliário e o Monopoly, o jogador precisa adquirir mais propriedades que seus adversários. Ganha quem consegue poupar mais e fazer negócios mais lucrativos - mas, eventualmente, um ou outro jogador acaba "quebrando".

Crédito

A psicóloga Valéria Meirelles destaca que a apresentação para crianças de instrumentos financeiros como cartões de crédito ou débito pode se um “pouco precoce”.

- Apesar de a criançada hoje já ser precoce [em razão da bagagem tecnológica], não se pode perder de vista que a origem do dinheiro é concreta. Será que a criança entende que, quando ela gasta R$ 20 com o cartão, a conta corrente no banco fica menor?

Mesmo que com oito anos a criança já esteja apta a lidar com tecnologia, o dinheiro é uma noção abstrata: o cérebro vai evoluindo ao longo do tempo e a pessoa vais se tornando cada vez mais apta a compreender conceitos abstratos. Uma criança ainda não está pronta a entender conceitos mais sofisticados, como o dinheiro, afirma.

- Trata-se de uma questão neurológica. O cérebro vai desenvolvendo ao longo do tempo; no caso da criança, a evolução ainda não está no ponto.

Já Cerbasi diz que introduzir a criança ao universo do crédito é positivo, mas se ela conseguir entender os riscos de um endividamento alto. Para ele, o uso de cartões em brinquedos como o jogo de tabuleiro da Estrela ajuda a criança a entender um recurso que é utilizado pelos pais no dia a dia.



 
Referência: R7
Autor: Vinicius Albuquerque
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
ImóveisGarage Band é uma opção para os jovens e tranqülidade para vizinhos
Cartão de créditoCartão de crédito: qual é o limite ideal para sua renda?
Modelos de documentosConvite para batizado
Negócios / EmpreendedorismoO segredo do sucesso do empreendedor. Mito ou Realidade?
Carreira / EmpregoSaiba se vale a pena trabalhar como temporário no final do ano
Investimentos / FundosTítulo de capitalização. Não é investimento nem fundo. Só é bom para quem gosta de sorteio
Taxas / ÍndicesTurismo: 10 dicas para planejar a viagem dos sonhos
Empréstimo / FinanciamentoVai contratar financiamento imobiliário? Veja 10 dicas para evitar prejuízos
Carreira / EmpregoTimidez, quando ela pode se tornar um problema
AposentadoriaPrevidência Privada : Dúvidas mais freqüentes