Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Consumidor - Festa de casamento: planeje a sua e fuja das dívidas 

Data: 03/07/2007

 
 
Por mais que se diga que o casamento é uma instituição falida, a realidade mostra que os casais não pensam bem assim.

Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgado em maio deste ano, traçou comparativos entre a década de 40 e o ano 2000 e revelou que neste período o número de brasileiros casados subiu de 42,2% para 49,5% da população. A maior proporção de casados, em 1940, estava no Sudeste (44,6%). No estudo mais recente, o Sul passou a ser a região com mais casados, o equivalente a 54,6%.

No entanto, o sonho de se casar, pode virar um verdadeiro pesadelo se o casal começar a vida a dois cheio de dívidas, em razão da festa promovida para para celebrar a união. Existe um ditado que diz que quando o dinheiro pára de entrar pela porta, o amor sai pela janela, então o melhor a fazer é planejar os gastos da festa, para não ter que comprovar a veracidade do ditado, não é mesmo?

Planejar e investir
Planejar é a palavra chave na hora de fazer uma festa de casamento. Saber exatamente o que se pretende gastar com ela é o 1º passo para não estourar o orçamento. O 2º passo é definir quando será o grande dia. E se ela for acontecer dentro de um ou dois anos, perfeito, pois esse tempo fará com que os noivos consigam fazer um investimento com o objetivo de custear a festa.

Poupar mensalmente é ideal, e definir quanto cada um destinará do orçamento mensal para esse investimento é fundamental. Também é importante escolher uma forma de poupar que seja a mais adequada para os noivos. Investimentos de risco devem ser evitados, porque geralmente uma boa rentabilidade acontece a longo prazo. O casal deve escolher investimentos que preservem minimamente o capital, a curto prazo.

Definido o tipo de investimento é preciso ter cuidado com o valor que será aplicado. O ideal é que nenhuma dívida ultrapasse 25% da renda mensal das pessoas.

Na hora de contratar
Mesmo que o investimento tenha sido feito e o casal tenha uma boa reserva para festa, o evento pode sair mais caro do que se imagina. Na hora de escolher os serviços, muitas pessoas acabam se apegando às frases "Eu mereço" ou "Não se casa todo dia" para exagerar nos gastos.

Tentar pagar tudo à vista é a melhor opção. O Brasil é um país com juros muito elevados, e nas compras a prazo uma festa pode custar o valor de duas. Com pagamento em dinheiro é possível conseguir descontos em quase todos os serviços. Parcelar só é bom negócio se for sem juros e se a empresa não oferecer descontos a vista.

Na hora de contratar os serviços para uma festa, muitas pessoas acabam passando diversos cheques e se atrapalham com as finanças meses depois, quando eles começam a cair na conta. Por isso é preciso cuidado e cautela. Pagar tudo com muita antecedência também não é bom negócio. Muitas empresas fecham, salões pegam fogo, bandas se separam e se você já tiver pago por essas coisas, poderá perder dinheiro.

A internet à favor dos noivos
Pesquisar é a alma do negócio, inclusive quando o negócio é um casamento. Por mais que você tenha adorado um salão, ou se apaixonado por uma banda, é ideal consultar no mínimo três fornecedores diferentes para cada item, e nessa hora a internet pode ajudar.

A maioria das empresas prestadoras de serviços para casamento possui sites na internet, o que diminui muito o tempo dedicado à pesquisa de preços. Sites especializados em casamentos costumam trazer links dos melhores serviços, o que facilita na hora de fazer o orçamento.

Outra grande utilidade da internet é que os noivos podem, ao visitar os sites, ver fotos do que está sendo oferecido, além de retirar todas as dúvidas e ler opiniões de pessoas que já utilizaram determinado serviço, vendo se a experiência foi positiva ou não.

Quanto custa?
Determinar o preço de uma festa de casamento é bastante complicado. Isso porque os detalhes como qual flor será usada na decoração, se será servido frango ou carne vermelha ou qual o tempo que o DJ ou a Orquestra ficará na festa alteram bastante o valor final do evento.

Confira quanto custam, em média, dois tipos diferentes de festa para 200 pessoas:

 
Serviços Festa Simples Festa Sofisticada
Aluguel do Salão R$ 1.200,00 R$ 3.500,00
Buffet R$ 3.700,00 (R$ 18,50 p/pessoa) R$ 12.000,00 (R$ 60,00 p/pessoa)
Decoração R$ 1.500,00 R$ 8.000,00
Bolo e Doces R$ 2.350,00 R$ 5.000,00
Música R$ 650 (Dj) R$ 6.000,00 (Orquestra)
Foto e Vídeo R$ 1.700,00 R$ 10.000,00 (fotojornalista)
Total R$ 11.100,00 R$ 44.500,00


Para economizar
Sempre é possível economizar e reduzir os custos. Em uma festa de casamento, um dos fatores que mais influenciam é o desperdício de comida e bebida. Por isso é muito importante fazer um cálculo correto da quantidade ideal a ser comprada e servida. Confira*:
  • A duração da festa é essencial para saber quanto de bebida e comida será servido. Em uma festa animada com mais de 5 horas, o consumo de bebidas aumenta significativamente;
     
  • Se houver um coquetel antes do almoço ou jantar, as pessoas comerão menos do prato principal;
     
  • Na hora de calcular a comida, cada duas crianças devem ser contabilizadas como um adulto;
     
  • Calcule 5 a 8 salgadinhos por pessoa, se houver almoço ou jantar em seguida. Se houver apenas coquetel, calcule 15 a 18 salgadinhos por pessoa;
     
  • Em um jantar, calcule 200 gramas de carne ou peixe por pessoa. Em um churrasco acrescente 100 gramas por pessoa no cálculo;
     
  • Calcule 60 gramas de bolo por pessoa se houver docinhos e 100 gramas se só tiver o bolo;
     
  • No verão, água, refrigerantes e cerveja serão mais consumidos. No inverno, o consumo de vinho será maior;
     
  • Uma garrafa de vinho serve 2 pessoas em um coquetel e 4 em um jantar;
     
  • Um litro de wisky serve 10 pessoas;
     
  • Calcule 600 ml de refrigerante por pessoa, 400 ml de água e 600 ml de cerveja;
     
  • Calcule 1 garçom para 15 convidados em coquetéis e 1 para cada 12 convidados em jantares.
* Informações do site Noivasonline.com


 
Referência: -
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Finanças pessoaisOs Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes
Carreira / EmpregoQuer ser empresário? Saiba como usar a oportunidade e o ócio para abrir uma empresa
Finanças pessoaisGestão: 9 erros que você deve evitar na gestão do seu dinheiro
MotivaçãoCrescer é...
VendasComo obter sucesso em suas vendas acompanhando os bastidores de seu show
Investimentos / FundosTítulo de “Descapitalização”
Ações / Bolsa de ValoresOperando ações: entenda o que os especialistas querem dizer com gestão do dinheiro
Banco / Cheque / ContaCaso precise ir a uma agência e quiser evitar filas, procure:
Negócios / EmpreendedorismoO empreendedor em Recursos Humanos conta com uma missão
Carreira / EmpregoChefe: Acredite! Você e seu chefe podem se transformar em grandes parceiros