Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Empréstimo / Financiamento - Pontuação de crédito, como funciona ? 

Data: 26/06/2007

 
 

Introdução


Solicitamos crédito por vários motivos - talvez para comprar um carro novo, casa, computador, ou obter um empréstimo estudantil. Você sabia, entretanto, que existe um número especial que pode determinar se você pode fazer essas coisas ou, pelo menos, quanto isso vai lhe custar? Sua pontuação de crédito é um número de três dígitos que pode fazer exatamente isso.

Como um único número pode ser tão significativo a ponto de determinar se você pode comprar uma casa ou um carro? Relatório de crédito contém o histórico de como você pagou suas faturas, quanto possui de crédito aberto e qualquer coisa que afete o valor do seu crédito. Sua pontuação de crédito resume todas essas informações em um número de três dígitos.

Nesse artigo, descobriremos como esse número anteriormente secreto é utilizado e como ele afeta o valor que você paga pelo crédito, seguro e outras necessidades.

A pontuação de crédito é um número calculado com base no seu histórico de crédito para que as financeiras possam saber se podem "emprestar ou não" para pessoas que estão solicitando crédito ou empréstimo. O número ajuda a financeira a identificar o nível de risco que pode correr se fizer o empréstimo. Enquanto o mesmo resultado final pode ser bom ao examinar o relatório de crédito real (o que as financeiras geralmente fazem), a pontuação de crédito é mais rápida e menos subjetiva. O sistema confere pontos com base nas informações do relatório de crédito, e a pontuação resultante é comparada à de outros consumidores com perfis semelhantes. Com essas informações, as financeiras podem prever a probabilidade de uma pessoa pagar um empréstimo e fazer pagamentos sem atraso. É a pontuação de crédito que possibilita obter crédito instantâneo em lugares como lojas eletrônicas e de departamentos.

Embora haja vários métodos de pontuação, a pontuação utilizada com mais freqüência pelas financeiras dos EUA é conhecida como FICO, devido a sua origem com a Fair Isaac and Company. Fair Isaac é uma empresa independente que chegou ao método e software de pontuação utilizados por bancos e financeiras, seguradoras e outras empresas. As três maiores agências de crédito (Experian, Equifax e TransUnion) trabalharam com Fair Isaac no início da década de 80 para chegar ao método de pontuação.

As três agências de crédito nacionais possuem sua própria versão da pontuação FICO com seus respectivos nomes. A Equifax tem o sistema Beacon, a TransUnion, o sistema Empirica, e a Experian, o sistema Experian/Fair Isaac. Todos eles baseiam-se no método original de pontuação FICO de Fair Isaac e produzem resultados numéricos equivalentes para qualquer relatório de crédito determinado. Algumas financeiras também possuem seus próprios métodos de pontuação. Outros métodos de pontuação podem incluir informações como sua renda ou o tempo que você está no mesmo emprego.

Acessar sua pontuação
Até recentemente, você não tinha acesso a sua pontuação de crédito. Somente as financeiras e outras empresas que utilizavam a pontuação podiam obtê-la. Fair Isaac and Company achavam que a pontuação somente confundiria os consumidores, já que não havia nada que a explicasse ou mostrasse o que as financeiras estavam procurando.

Em 2001, no entanto, isso mudou, devido à pressão do Congresso dos Estados Unidos, da indústria e dos grupos consumidores. Agora, você pode obter sua pontuação de crédito em diversos sites, incluindo as três grandes agências de crédito e o site de Fair Isaac. Você também pode solicitar à financeira acesso a sua pontuação quando pedir um empréstimo.

Considere sua pontuação de crédito como se fosse suas notas na escola. Um professor calcula as notas tomando as pontuações de testes, lições de casa, freqüência e de qualquer outra coisa que quiserem, pesando cada um de acordo com sua importância, para chegar a uma pontuação final com um único número (ou letra). Sua pontuação de crédito é calculada de maneira semelhante. Em vez de utilizar as pontuações de questionários e relatórios que você fez, ela utiliza as informações de seu relatório de crédito.

O número pode variar de 300 a 900. A fórmula para saber exatamente como a pontuação é calculada é de propriedade de Fair Isaac. No entanto, aqui vai uma análise aproximada de como ela é determinada:

  • 35% da pontuação baseia-se no seu histórico de pagamentos. Isso faz sentido, uma vez que um dos principais motivos que levam uma financeira a querer ver a pontuação é descobrir se você paga suas contas (e no vencimento). A pontuação é influenciada pela quantidade de contas que você pagou com atraso, pela quantidade que foi enviada para cobrança, por qualquer falência (em inglês) etc. Também é levado em conta quando essas coisas aconteceram. Quanto mais recente, pior será para sua pontuação total.

     

  • 30% da pontuação baseia-se em dívidas pendentes. Quanto você deve de empréstimos de casa ou carro? Quantos cartões de crédito você possui que estão no limite de crédito? Quanto mais cartões você tiver no limite, menor será sua pontuação. O parâmetro é manter os saldos de seus cartões em 25% ou menos de seus limites.

     

  • 15% da pontuação baseia-se no período de tempo que você teve crédito. Quanto mais tempo você teve crédito estabelecido, melhor será para sua pontuação de crédito total. Por quê? Quanto mais informações sobre seu histórico de pagamentos anteriores, mais precisa será a previsão de suas ações futuras.

     

  • 10% da pontuação baseia-se na quantidade de consultas em seu relatório. Se você solicitou vários cartões de crédito ou empréstimos, haverá muitas consultas em seu relatório de crédito. Isso é ruim para sua pontuação, pois essas consultas indicam que você pode estar com algum problema financeiro ou contraindo muitas dívidas (mesmo se não utilizou os cartões ou pegou os empréstimos). Quanto mais recentes forem as consultas, pior será para sua pontuação de crédito. As pontuações FICO somente contam as consultas do ano anterior.

     

  • 10% da pontuação baseia-se nos tipos de crédito que você geralmente possui. A quantidade de empréstimos e crédito disponível dos cartões de crédito que você tem fazem diferença. Não existe um número mágico ou uma combinação de tipos de contas que você não deveria ter. Essas coisas realmente são levadas em consideração se não houver muitas outras informações no seu relatório de crédito para estabelecer a pontuação.

 

Essas informações são comparadas ao desempenho do crédito de outros consumidores com históricos e perfis semelhantes.

Sua pontuação afeta...

Sua pontuação de crédito não apenas influencia o fato de você obter ou não um empréstimo, mas também afeta o valor que você terá que pagar por ele. À medida que sua pontuação de crédito aumenta, seu risco de crédito diminui. Isso significa que a taxa de juros diminui.

 


 

Esse gráfico mostra um exemplo da variação das taxas de juros de um empréstimo para aquisição de um carro com base na sua pontuação de crédito:

  FICO® Score
Auto Loans
500-589
590-624
625-659
660-689
690-719
720-850
Empréstimo de 36 meses para aquisição de veículo novo 18.597 16.206 12.225 9.498 7.386 6.674
Empréstimo de 48 meses para aquisição de veículo novo 18.598 16.206 12.226 9.500 7.390 6.678
Fonte: myFICO.com

Existem outros fatores que influenciam a taxa de juros de um empréstimo, além da sua pontuação de crédito. Coisas como o tipo da propriedade que você deseja adquirir com o empréstimo, o valor que você já possui (eqüidade) para dar de entrada, os custos que a financeira terá para fazer o empréstimo etc.

Além de bancos de financeiras, existem proprietários, comerciantes, empregadores e companhias de seguro que se agarraram à pontuação de crédito. De tudo isso, o fato de as taxas de seguro serem determinadas pelas pontuações de crédito está assustando os consumidores. Para a maioria, a impressão que dá é que seu histórico de crédito e seu registro de motorista têm pouco em comum. As seguradoras, por outro lado, perceberam que a utilização das pontuações de crédito para prever a probabilidade de uma pessoa pagar a franquia os ajudou a reduzir os prejuízos. No entanto, eles não usam a mesma pontuação que bancos e financeiras. Utilizam uma fórmula um pouco diferente para seus cálculos e a chamam de "pontuação de seguro".

A utilização dos históricos de crédito pelas seguradoras para determinar taxas está sendo examinada nacionalmente. Muitos estados estão votando leis que restringem essa prática. Washington, Utah, Idaho e Maryland já fizeram isso, e mais 20 estados estão pensando no caso. Verifique o site do departamento de seguros de seu estado para ver onde ele está sobre essa questão http://www.naic.org/state_contacts/sid_websites.jsp (em inglês).

As pontuações de crédito não são números fixos. Já que são calculadas com base no seu relatório de crédito atual, elas mudam sempre que seu relatório de crédito sofre alteração. Enquanto essa mudança pode ser bastante insignificante, ela também pode ser muito mais dramática. Aqui vão alguns conselhos de consultores financeiros para tentar melhorar sua pontuação:

  • reveja seu relatório de crédito e corrija quaisquer erros que encontrar. Acabar com informações incorretas (e ruins) às vezes pode melhorar sua pontuação radicalmente;
  • o conselho é encerrar contas de cartões de créditos antigas e sem uso para reduzir seu crédito disponível "potencial" (que pode mudar a relação da sua dívida após você ter sido aprovado para obter um empréstimo). Agora, no entanto, a relação de sua dívida com seu limite de crédito é mais crítico; então, o encerramento de contas antigas apenas aumenta essa relação - o que você não quer fazer. Algumas pessoas transferiram a dívida de vários cartões de crédito para um cartão e encerraram as contas antigas. Uma vez que os credores analisam a relação do limite de débito e crédito, ela pode ter um efeito negativo na sua pontuação de crédito, pois você terá o mesmo valor da dívida, porém menos crédito disponível. Então, não encerre contas antigas de cartão de crédito apenas porque não as utiliza;
  • os credores agora também analisam o tempo médio de suas contas, mais um motivo para você não fechá-las;
  • reduza o saldo dos cartões de crédito para 75% ou menos de seu crédito disponível (preferencialmente, 25%);
  • pague suas contas no vencimento (talvez isso seja o mais importante);
  • não permita que ninguém faça consultas em seu relatório de crédito, a menos que seja absolutamente necessário. Quanto mais consultas, menor será sua pontuação;
  • não abra contas novas de cartão de crédito apenas para aumentar seu crédito disponível, na esperança de aumentar sua pontuação.
Além disso, lembre-se de que quaisquer melhorias - como mais esforços para efetuar os pagamentos em dia - podem levar um certo tempo para terem impacto na sua pontuação. Assim, o tempo também é um fator.

Se você vai ao banco para pedir um empréstimo e este lhe é negado porque sua pontuação está muito baixa, sua suposta financeira receberá a lista de motivos que justifiquem essa pontuação. Você pode utilizar essa lista para tentar mudar sua pontuação. Enquanto não há garantia de nada, uma vez que as financeiras também podem utilizar seus próprios métodos de pontuação, você certamente não pode prejudicar sua pontuação seguindo qualquer um desses passos.

O importante é obter crédito somente quando você estiver precisando (a menos que esteja tentando estabelecer seu primeiro crédito) e usá-lo com cautela, fazer seus pagamentos em dia e manter seu saldo baixo. Lembre-se de não aumentar seus cartões de crédito.



 
Referência: hsw.com.br (HowStuffWorks Brasil)
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
UtilidadesZona Azul/ Zona Marrom
Negócios / EmpreendedorismoHorário móvel: esta pode ser a chance de ampliar seu dia!
Carreira / EmpregoVocê é um profissional empregável? Aprenda mais sobre empregabilidade
Modelos de documentosMudança de Meio de Transporte
ImóveisCondomínio: Direitos e deveres no condomínio - Tire suas dúvidas
Carreira / EmpregoAprenda a vender suas idéias para a diretoria, com a elaboração de projetos
Carreira / EmpregoTente não se aborrecer com tarefas desagradáveis e burocráticas
Ações / Bolsa de ValoresAplicar em ações de forma direta ou via fundos? Qual a melhor opção para seu bolso?
ConsumidorAno novo, consciência nova: tem como ser sustentável sem deixar de consumir?
Finanças pessoaisConfira erros na gestão das finanças que podem quebrar até os milionários