Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Carro / Veículo - Férias: veja a opção mais econômica para o seu carro bicombustível 

Data: 30/05/2007

 
 

Segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), divulgados no início de dezembro, 81,4% dos carros vendidos em novembro eram bicombustíveis. Um ano antes, esses veículos respondiam por 67,7% das vendas.

O elevado crescimento, portanto, fará com que milhares de motoristas peguem a estrada com seus carros flex fuel no Ano Novo. Fazer a vistoria do automóvel antes de viajar é de praxe entre a maioria dos motoristas. Mas, e com o carro bicombustível? Quais são os cuidados necessários? A resposta é mais simples do que se imagina.

De acordo com especialistas, a tecnologia de motores flex não necessita de cuidados extras ao de um motor exclusivamente movido à gasolina ou álcool. Em outras palavras, o procedimento é o mesmo, isto é, o motorista deve seguir as instruções no manual do proprietário.

Combustível: o que usar?
Entretanto, a principal dúvida diz respeito ao combustível: é melhor usar gasolina, álcool ou a mistura dos dois? Neste caso, não há qualquer restrição quanto à opção por qualquer uma das três alternativas. O ideal mesmo é que o motorista encontre a opção mais econômica e, para isto, há uma maneira simples de se chegar ao cálculo.

Em primeiro lugar é preciso saber que a autonomia de um veículo movido apenas a álcool é reduzida em 30% quando comparada à gasolina. Portanto, um automóvel que roda 800 km, com o tanque cheio de gasolina, irá rodar 560 km, se optar apenas pelo álcool. Para se chegar ao gasto que terá, basta apenas multiplicar o custo do litro do combustível pela capacidade do tanque do carro.

Portanto, considerando um preço médio de R$ 1,215* pelo litro do álcool, abastecer um tanque de 52 litros sairia por R$ 63,20, enquanto, no caso da gasolina, o valor seria de R$ 124,30 a um preço médio de R$ 2,39* o litro. Dividindo estes valores pela quilometragem percorrida por cada um (autonomia do veículo), no primeiro caso o custo por km é de R$ 0,11 (R$ 63,20/560 km) e no segundo, de R$ 0,15 (R$ 124,30/800 km).

Finalmente, se a sua viagem chegar a, por exemplo, 500 km, abastecendo o carro com álcool o gasto será de R$ 55. Agora, se a opção for pela gasolina, o desembolso chegará a R$ 75, ou cerca de 36% a mais.

Uma boa notícia: além de mais barato, o álcool confere ao carro maior potência e um nível de consumo melhor na estrada, pelo fato da velocidade ser constante. Entretanto nada impede o motorista de usar o combustível de sua preferência.

Na ponta do lápis
No entanto, como os preços variam de posto para posto, de cidade para cidade, quem está na dúvida se abastece com álcool ou gasolina pode usar uma fórmula simples para escolher: calcule se o preço do litro do álcool é igual ou menor que 70% do valor do litro da gasolina.

Ao chegar no posto, compare o preço do álcool e da gasolina e divida o valor do primeiro pelo segundo. Se o resultado for igual ou menor que 0,7, a opção é álcool na certa. Caso contrário, fique com a gasolina.

Reservatório
Outra dica é abastecer o reservatório de combustível de partida a frio quando for usado apenas o álcool ou os dois combustíveis misturados e, de preferência, a gasolina aditivada, uma vez que, segundo especialistas, "o combustível comum envelhece com o passar do tempo e perde a funcionalidade".

* Preços baseados no relatório semanal da ANP, para o período terminado em 23 de dezembro, com base na média do estado de São Paulo.



 
Referência: -
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Finanças pessoaisComo começar um orçamento
Modelos de documentosContrato - Prestação de Serviços Profissionais Contábeis
Economizar / PouparChuveiro é responsável por 24% do consumo de energia elétrica de uma residência
Empréstimo / FinanciamentoInadimplência: qual o seu efeito na economia?
Cartão de créditoDicas de como quitar a dívida do seu cartão de crédito
FilhosCrianças e dinheiro: saiba como presentear seu filho sem torná-lo consumista
Carreira / EmpregoLíder: 10 dicas para o profissional ser admirado e respeitado pela equipe
Impostos / TributosCondôminos devem estar atentos aos tributos a serem recolhidos pelo condomínio
Investimentos / FundosSecuritização: O que é ?
Modelos de documentosAviso Prévio do Empregado para retirar-se do Serviço II