Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Saúde - Febre Amarela 

Data: 30/05/2007

 
 

Conceito
Doença infecciosa aguda, febril, de natureza viral, que se manifesta por insuficiência hepática e renal, podendo matar em uma semana. O vírus é transmitido por mosquitos do gênero Aedes, na maior parte dos casos pelo Aedes aegypti. Típica das regiões tropicais da África e da América.

A doença pode apresentar-se sob duas modalidades: urbana, quando transmitida de homem para homem pelo Aedes, e silvestre (ou "da selva"), cujo vírus é alimentado nos animais, sobretudo nos macacos das florestas tropicais, transmitida por mosquitos zoófilos (Aedes ou Haemagogus - mosquitos azuis). A desinsectização e a vacinação são os únicos meios eficazes para limitar a sua extensão.

Modo de transmissão
O mosquito Aedes aegypti infectado transmite a febre amarela urbana ao homem através da picada. Os mosquitos Haemogogus e Sabethes infectados transmitem a febre amarela silvestre.

Aedes aegypti
Originário das regiões egípcias, de onde deriva o seu nome. Esta espécie é muito temida nas várias regiões do globo em que habita (tropicais e subtropicais), por ser transmissora de várias doenças, com destaques para a febre amarela e dengue.

Habita em meios urbanos, tendo-se adaptado a habitats artificias, como os pneus. Vive com frequência na vizinhança das casas; as larvas encontram-se nos recipientes que servem para guardar água ou nas latas de conserva usadas.

O vírus deve cumprir um ciclo no corpo do mosquito, o qual só se torna infectante após uma incubação cuja duração varia em função da temperatura exterior (12 dias a 23 ºC; 4 dias a 37 ºC). Abaixo dos 18 ºC, o mosquito deixa de transmitir a doença. Isto explica por que motivo os casos provocados pelos Aedes trazidos para países temperados não originam epidemias.

Sintomas
Aparecimento de febre alta, calafrios, dor nas articulações, dor de cabeça, prostração, icterícia (pele amarela), diarréia, náuseas e vômitos. Em suas formas fulminantes, a doença compromete o baço, fígado e os rins, além de provocar manifestações hemorrágicas, que podem causar a morte se não houver tratamento imediato.

Prevenção
Vacina contra a febre amarela.

Incidência
No Brasil, a febre amarela urbana estava erradicada desde 1942. A febre amarela silvestre ocorre desde 1934, nas Regiões Norte e Centro-Oeste. A maior incidência da doença ocorre nos meses de janeiro a abril, período das chuvas, quando aumenta a quantidade de mosquitos, coincidindo com a maior atividade agrícola.

Medidas profiláticas
 

  • Eliminação dos focos potenciais dos mosquitos transmissores (poças d'água no domicílio e em torno dele);
     
  • polícia de focos nos depósitos d'água que não puderem ser removidos (função dos guardas de endemias ou sanitários especializados, os chamados "mata-mosquitos");
     
  • vacinação ativa, mais usada na zona rural, onde com mais dificuldade são aplicáveis as outras providências, inclusive localizar com rigor as áreas infetadas;
     
  • vigilância sobre as pessoas vindas de zonas suspeitas ou infectadas;
     
  • propaganda e educação sanitárias, ensinando ao público o modo de transmissão da doença, hábitos dos mosquitos etc. etc.


  •  
    Referência: -
    Aprenda mais !!!
    Abaixo colocamos mais algumas dicas :

    Assunto:Perguntas:
    LeisCódigo Penal ? Parte Geral »»» Título V - Das penas »»» Capítulo IV - Da suspensao condicional da pena
    Carreira / EmpregoEquilíbrio: especialista dá dicas para aplicar o Feng Shui à mesa do trabalho
    Entrevista de empregoDinâmica de Grupo - uma alternativa pedagógica*
    Impostos / TributosTaxa
    Carreira / EmpregoEspecialistas apontam erros comuns do trainee e indicam como ele pode se dar bem
    Carreira / EmpregoCase de fracasso: como gestores e funcionários boicotam a empresa?
    Impostos / TributosDeclaração incompleta ou com atraso? Conheça os prós e contras
    ConsumidorDicas para compras em supermercados
    Ações / Bolsa de ValoresFuja dos riscos: especialista dá dicas inusitadas para investidor limitar suas perdas
    Finanças pessoaisCasais: Dicas para facilitar a gestão financeira entre casais