Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Ações / Bolsa de Valores - Gerenciamento do risco nas operações com ações com o uso do stop 

Data: 16/08/2010

 
 

A Análise Gráfica, também conhecida como análise técnica, consiste no estudo dos preços e dos volumes negociados por uma dada ação. Todas as informações pertinentes para o estudo das ações estão representadas nos gráficos, na medida em que este traduz o comportamento de todos os agentes presentes no mercado, seja os fundamentalistas, os insiders (que possuem informações privilegiadas), os grafistas e mesmo os amadores que compram e vendem sem critérios fundamentados.

O tema deste artigo tratará sobre o gerenciamento do risco nas operações com ações através do uso do stop. Realmente atualmente o investimento em ações é onde conseguimos maior potencial de retorno, mas não podemos seguir a recomendação de muitos, de comprar e esquecer. A consideração que para investimentos de longo prazo, o preço de uma ação sempre terá valorização é totalmente falsa, existem inúmeros exemplos invalidam tal afirmação. É preciso acompanharmos e efetuar o gerenciamento desse investimento.

Entendo que o fator emocional atrapalha em forma demasiada os investimentos em ações. Um dos erros mais comuns no mercado acionário é se desfazer de uma posição vencedora ou insistir em uma posição perdedora, atitudes que ignoram uma das premissas básicas que é: maximizar o lucro e minimizar o prejuízo. Para obtermos lucro com ações é necessário deixar o lucro evoluir acompanhando uma tendência de alta de um ativo, e realizar o prejuízo de uma entrada errada em uma posição.

O ser humano possui incrível dificuldade em admitir que está errado, por essa razão que mesmo conhecendo o stop-loss (para de perda), ou simplesmente stop, encontramos milhares de motivos para não liquidarmos a posição perdedora. Por outro lado nossa ganância tentará impedir permanecer no posicionamento em uma ação com grande lucro. A parada de perda, popularizada como stop, é uma ferramenta muito simples de ser utilizada, mas de fundamental importância para manter você no mercado. O stop servirá tanto para limitar seu prejuízo (stop-loss) como para maximizar seu lucro (stop-gain).

Uma ordem de stop consiste em apenas efetuar uma ordem de venda condicionada ao preço atingir certo valor (gatilho), com um preço limite de venda definido. Esse valor deve ser definido graficamente, e o preço limite deverá ser algo próximo a esse valor, mas não muito para não ser ultrapassado por um eventual gap.

Por exemplo, identificamos um suporte sendo testado em 50,00 e após identificar uma reversão é comprado 100 ações a 50,50. Logo após a compra é efetuada uma ordem de venda stop com gatilho em 49,75, e preço de venda limitado a 49,50. Com isso, caso o preço da ação volte a cair e perca seu suporte, o prejuízo estará limitado a 1,00 por ação, prejuízo que poderia ser muito superior caso não tivesse utilizado o stop.

O gatilho não foi definido em 49,99, porque é comum o mercado testar algum nível, mas sem rompê-lo efetivamente, e, após esse teste, retomar sua tendência original. O preço limite não foi colocado mais próximo do gatilho, pois é preciso evitar algum possível gap – salto no preço no momento da abertura. Caso a posição seja vencedora e realmente o preço da ação esteja evoluindo conforme planejado, o stop servirá para não sairmos da posição vencedora e sim deixar que o stop gráfico nos tire da posição. Com isso o stop estará sendo deslocado assim que o preço estiver evoluindo.



 
Referência: Seu consultor financeiro
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
UtilidadesColégio Notarial do Brasil - Secção de São Paulo
Carro / VeículoCom o verão, vem a chuva: evite prejuízos com o carro, em caso de enchente
Modelos de documentosContrato - Realização de Projeto e Construção de Piscina
Entrevista de empregoFuja das pegadinhas na entrevista com seu futuro chefe
Carreira / EmpregoEnsino a distância contorna falta de tempo e agrega na carreira profissional
AluguelDébitos: O inquilino ou o fiador é chamado primeiro a responder pelos débitos em uma locação?
Finanças pessoaisCom planejamento, não será preciso contar com a ajuda dos astros para manter as finanças em dia
Carreira / EmpregoNada de amadorismo: veja dicas para transformar o hobby em plano B!
ConsumidorCuidados: Quando o sonho vira pesadelo
MotivaçãoMotivações para respeitar e admirar seu dinheiro