Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Ações / Bolsa de Valores - Cuidando do seu dinheiro: algumas dicas para não perder na Bolsa 

Data: 30/05/2007

 
 

O brasileiro está mudando a forma de aplicar seu dinheiro. Nunca se falou tanto de investimento em ações ou de alternativas de aplicação em renda fixa, como Tesouro Direto, debêntures ou FDICs, que tragam uma rentabilidade mais atrativa do que as opções mais tradicionais.

Os seguidos cortes na taxa Selic e o conseqüente efeito sobre o rendimento das alternativas de investimentos mais populares no Brasil (como caderneta de poupança e fundos DI e de renda fixa) são os principais fatores por trás dessa busca por novas opções de investimento.

Investindo com segurança
Isso não significa, porém, que o investidor deve abandonar tudo o que fez até agora em termos de investimento e se apressar na hora de aplicar seu dinheiro, sob o risco de tomar decisões apressadas que possam trazer conseqüências negativas no futuro. Um exemplo é o mercado de ações.

Se, nos últimos anos, praticamente todo mundo que investiu em ações ganhou dinheiro, já que o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, vem mostrando valorização em termos anuais desde 2003, este cenário pode não se confirmar em 2007. Isso não significa, porém, que não existam excelentes oportunidades de registrar bons ganhos no mercado de ações.

Investimento seletivo
O momento agora é de ser seletivo. Para entender melhor esse conceito, vale a pena analisar tanto o desempenho recente de diversas ações, quanto o comportamento das novas ofertas públicas na Bovespa, ou seja, transações de venda de ações, tanto por empresas estreantes como por companhias que já tinham papéis listados em Bolsa.

No primeiro trimestre de 2007 o Ibovespa registrou um ganho acumulado de 3%, não muito longe da rentabilidade de quem investiu em renda fixa no mesmo período. Porém, isso não significa que o mercado de ações não tenha registrado ganhos expressivos. Muitas ações, a maioria das quais não fazem parte do Ibovespa, mostraram forte alta, trazendo ganhos para quem soube escolher bem.

Das 50 maiores altas, dentro de um grupo de cerca de 250 ações , registradas no primeiro trimestre deste ano, apenas seis fazem parte do Ibovespa. Ou seja, são ações de empresas de menor porte, que acabaram mostrando desempenho muito superior aos papéis das blue chips do mercado.

O mercado de ofertas públicas traz mensagem semelhante. Se, até o ano passado, dificilmente uma nova oferta mostrava desempenho negativo no seu primeiro pregão (apenas quatro quedas em 36 ofertas desde 2004), praticamente garantindo ganhos ao investidor, este quadro mudou. As três últimas ofertas de empresas estreantes na Bovespa (Friboi, Even e Banco Pine) fecharam seu primeiro pregão em queda.

Sabendo procurar
Portanto, mais do que nunca, parece ter chegado a hora de separar o joio do trigo. Mesmo que as perspectivas de muitos analistas se confirmem e o Ibovespa feche novamente em alta em 2007, ganhar ou perder dinheiro na Bolsa vai depender muito das escolhas de cada investidor.

Nessa hora, vale a pena tentar identificar ações defasadas ou que ainda não foram precificadas de forma adequada pelo mercado. Embora muitas das técnicas utilizadas pelos analistas (projeções ou múltiplos mais complexos) não estejam ao alcance da maioria dos investidores, o bom senso pode ser de grande valia.

Algumas dicas
Na hora de entrar em uma nova oferta de ações, algumas dicas. Cheque se o setor de atuação da empresa está em expansão e se não está "congestionado", como por exemplo, o setor imobiliário, onde a quantidade de papéis disponíveis parece ter superado a demanda dos investidores. Busque, sempre que possível, concentrar sues investimentos em empresas líderes em seus segmentos.

Tente analisar os números. Será que faz sentido uma empresa que faturou R$ 100 milhões no ano passado estar levantando R$ 400 milhões na Bolsa, sem abrir mão do controle? Com base no preço preliminar e na quantidade de ações que consta no prospecto, cheque qual seria o valor de mercado da empresa. Será que o valor dela supera o de empresas maiores e já estabelecidas?

Estas são apenas algumas indicações, mas certamente vale a pena aprofundar a análise o máximo possível, buscando identificar as alternativas interessantes. Quem vem ganhando com a Bolsa sabe a rentabilidade que esta aplicação pode trazer, mas para manter isso, os esforços e cuidados certamente serão maiores daqui para frente.



 
Referência: InfoMoney
Autor: Equipe Infomoney
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Carreira / EmpregoQuebre o gelo
Impostos / TributosImposto de renda (IR): O que se considera curso de especialização?
Plano de NegóciosPor que escrever um Plano de Negócios?
Negócios / EmpreendedorismoAvaliação de Desempenho: uma prática cada vez mais necessária
Modelos de documentosContrato - Representação Comercial, Veiculação de Imagem e Venda de Prod. Internet
SaúdePlanos de Saúde: Os transplantes estão ou não cobertos segundo a lei? Qual o procedimento para transplante? Que custos estão cobertos?
ConsumidorComprou algo e encontrou mais barato? Nem sempre é possível devolver!
AluguelConheça todos os passos para a locação de um imóvel
Investimentos / FundosCulpa da crise? Foque em erros que todo investidor conhece, mas esquece
VendasSatisfação e fidelidade dos clientes