Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Ambiental Execução de obrigação de fazer em face de agricultor que inadimpliu termo de compromisso referente a reflorestamento

Petição - Ambiental - Execução de obrigação de fazer em face de agricultor que inadimpliu termo de compromisso referente a reflorestamento


 Total de: 15.244 modelos.

 
Execução de obrigação de fazer em face de agricultor que inadimpliu termo de compromisso referente a reflorestamento.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ......., por intermédio de seu Promotor de Justiça, ao final assinado, no exercício de suas atribuições legais, com fulcro nos artigos 632 e seguintes do Estatuto Processual Civil, vem respeitosamente perante Vossa Excelência propor a presente.

EXECUÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER

em face de

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

PRELIMINARMENTE

DA LEGITIMIDADE

A Lei n° 7.347/85, com as alterações introduzidas pela Lei n° 8.078/90, legitimou o Ministério Público a tomar dos interessados compromissos de ajustamento para cumprimento de obrigações de fazer e não fazer. Assim está disposto no artigo 5°, § 6°, onde:

"Art. 5° - (...)

Parágrafo 6° - Os órgãos públicos legitimados poderão tomar dos interessados, compromisso de ajustamento de sua conduta às exigências legais, mediante cominações, que terá eficácia de título executivo extrajudicial".

Nesse sentido, o disposto no artigo 566, inciso II, do Código de Processo Civil estabelece que:

"Art. 566 - Podem promover a execução forçada:

II - O Ministério Público, nos casos previstos em lei."

O não cumprimento da obrigação de fazer, qual se comprometeu o proprietário dos imóveis referidos, ora Executado, através do incluso Termo de Compromisso, documento este, considerado como título executivo extrajudicial, foi fato preponderante para a propositura da presente, eis que assim dispõe o artigo 580, parágrafo único, do Código de Processo Civil, "in verbis":

"Art. 580 - Verificado o inadimplemento do devedor, cabe ao credor promover a execução.

Parágrafo único - Considera-se inadimplemento o devedor, que não satisfaz espontaneamente a dívida reconhecida por sentença, ou a obrigação, a que a lei atribui a eficácia de título executivo."

Inegável o fato de que o Executado, ao não realizar as obras de recuperação, reflorestamento e isolamento das áreas de preservação permanente, em seus referidos imóveis, às quais se obrigou, espontaneamente, quando da assinatura do Termo de Compromisso incluso, tornou-se inadimplente.

DO MÉRITO

A Promotoria de Justiça desta Comarca de ..........., em data de ........... de ........ de ......., celebrou com o Executado, os 02 (dois) Termos de Compromisso inclusos (docs. 01 e 02), pelos quais o ora Executado assumiu, voluntariamente, a seguinte obrigação:

a - reflorestar com espécies nativas da região, indicadas por técnicas adequadas, as áreas de preservação permanente em torno do córrego ........., numa faixa de 30 (trinta) metros a contar de suas margens para o interior da propriedade, ficando responsável pelos tratos culturais inerentes ao plantio, bem como isolar o local, impedir o acesso de pessoas, não permitindo a caça, a pesca ou depredações nesta área, relativa ao Sítio ........., registro n° ........, do Livro ......, fls. ......, do CRI desta Comarca (ítem I do incluso Termo de Compromisso);

b - igual obrigação (letra "a" - supra - ), em relação ao Sítio ................, todos do CRI desta Comarca (item I do incluso Termo de Compromisso);

c - a obrigação assumida deveria ocorrer no prazo de 60 (sessenta dias), contados a partir da assinatura do incluso Termo de Compromisso (item II do aludido Termo);

d - proceder o isolamento da área de preservação permanente com cerca, permitida a manutenção de acesso do gado ao curso de água conforme orientação técnica da EMATER local, caso inexistisse outra fonte na propriedade (item III do Termo incluso);

Acontece, Preclaro Magistrado, que passados mais de 08 (oito) meses, o Executado, não cumpriu totalmente, com suas obrigações assumidas, ou seja, o proprietário Executado, apenas recuperou parcialmente a área que deveria ser recuperada, e, igualmente, fez cerca de isolamento somente na metade da área, conforme aliás, acha-se positivado no incluso Laudo de Verificação do cumprimento do Termo de Compromisso, efetivado em 05/05/94 (doc. 03).

Por isso, o inadimplemento do Executado, implica na aplicação de multa no valor de um Valor de referência (1 VR) a partir da constatação de descumprimento, e diariamente uma UFIR para cada dia de descumprimento das obrigações (ítem V do incluso Termo).

Assim, configurado o inadimplemento, de longa data da assinatura do Termo de Compromisso, não coube a esta Promotoria de Justiça, outra alternativa, a não ser o competente ajuizamento da presente ação.

A Secretaria da Agricultura, através do .......- Instituto Ambiental do ........., no uso de suas atribuições legais e, no cumprimento de seus trabalhos de rotina e fiscalização, constatou irregularidades nos imóveis de propriedade do Executado.

Notificado por esta Promotoria, o Executado acabou por firmar o Termo de Compromisso incluso, onde se obrigou a recuperação, reflorestamento e isolamento das áreas de preservação permanente, referente a extensão de 30 (trinta) metros das margens do Córrego ........, para interior de referidos imóveis, pertencentes ao Executado.

Que, expirado há muito, o prazo ajustado, procedeu-se nova vistoria nos imóveis de propriedade do Executado, como se infere do LAUDO DE VERIFICAÇÃO DE CUMPRIMENTO DE TERMOS DE COMPROMISSO incluso, realizado em data ........, constatou-se o inadimplemento do Executado, que fez os serviços que se obrigou, apenas pela metade, ou seja, apenas em parte das áreas que assumiu a obrigação de fazer.

Desse modo, tendo procedido em desacordo com o referido termo ajustado, o Executado, tornou-se inadimplente, ensejando, portanto, o ajustamento da presente Ação de Execução de Obrigação de Fazer, para que o mesmo seja compelido a dar cabal e fiel cumprimento às obrigações assumidas.

DOS PEDIDOS

DIANTE DO EXPOSTO, requer se digne Vossa Excelência, ordenar o seguinte:

I - a citação do Executado, para nos termos do artigo 632 do Código de Processo Civil, fazer a recuperação, reflorestamento e isolamento da área de preservação permanente em seus imóveis, a cuja realização estava obrigado, nos termos do incluso Termo de Compromisso e fundamentação exposta, fixando-se-lhe o prazo de 30 (trinta) dias, contados da citação válida e regular.

II - que o Executado seja condenado, com fulcro no artigo 644, do Código de Processo Civil, ao pagamento da pena pecuniária, por dia de atraso no cumprimento da obrigação, em valor a ser estimado ao prudente alvedrio de Vossa Excelência, considerando-se a favorável situação do Executado;

III - que seja o Executado condenado, ao pagamento da multa correspondente a um Valor de Referência ( 1 VR ), a partir de 05/05/94 (data da constatação do descumprimento), e diariamente de uma UFIR, por cada dia de descumprimento, desde aquela da constatação, até a data da efetiva citação, quando então, passará a prevalecer a pena pecuniária a ser estabelecida por Vossa Excelência (item II supra);

IV - a produção de todas as provas em Direito admitidas, em especial pela documentação inclusa, notadamente, ainda, pelo depoimento pessoal do Executado, prova testemunhal, cujo rol será encaminhado a tempo oportuno, bem como prova pericial, vistoria ou inspeção judicial, caso necessário;

V - finalmente que seja julgado procedentes os pedidos formulados na presente Execução, condenando-se o Executado a cumprir com suas obrigações assumidas, bem como no ônus da sucumbência, nas custas processuais e honorários advocatícios a serem arbitrados, criteriosamente, por Vossa Excelência.

Dá-se à causa o valor de R$ .....

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Ambiental
Ação civil pública ambiental para coibição de desmatamento em área de preservação permanente
Ação civil pública ambiental em face de poluição hídrica
Ação civil pública em face de poluição sonora por parte de igreja
Ação civil pública em face de derramamento de óleo em região metropolitana e litoral
Ação civil pública ambiental em face de loteamento clandestino
Ação interposta pelo Ministério Público para obstrução de construção em área de preservação ecoló
Ação direta de inconstitucionalidade
Esgoto - Obra necessária para o desassoreamento
Ação civil pública de maus tratos de animais utilizados em rodeio
Medida cautelar incidental, a fim de suspender-se a emissão de poluentes em água
Dano ao meio ambiente de maus tratos aos animais - Matadouro
Ação civil pública por contaminação do solo