Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Dívidas / Endividado ? - Após a renegociação seu nome é excluído do cadastro de inadimplentes? 

Data: 30/05/2007

 
 

Depois de muito tempo com o nome no cadastro de inadimplente, muitos consumidores respiram aliviados quando conseguem renegociar suas dívidas.

Essa tranqüilidade, no entanto, pode durar pouco, sobretudo, se ao renegociar os novos termos você não avaliou sua capacidade de arcar com eles e voltou a atrasar os pagamentos.

Exclusão automática
Uma pergunta freqüente neste tipo de situação é: o que acontece com o nome do consumidor quando entra em uma renegociação? Ele é automaticamente excluído do cadastro de inadimplentes?

Para a maioria das entidades de defesa do consumidor a resposta é afirmativa. Afinal, o contrato anterior foi substituído por um novo, de forma que, a partir do pagamento da primeira prestação do novo contrato, o nome do consumidor deveria ser retirado automaticamente do cadastro de inadimplentes.

Na opinião do Dr. Paulo Pacini, advogado do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e coordenador de ações judiciais do instituto, "Caso o nome do consumidor já esteja em incluído no cadastro de inadimplentes das instituições de proteção ao crédito, a partir do pagamento da primeira parcela da renegociação o consumidor terá o seu nome excluído de tais listas. Mas, o advogado alerta: no caso de reincidência, o nome voltará a constar nelas".

Além de voltar a ter o nome sujo, a reincidência também pode levar o credor a rever os termos da dívida, exigindo que os termos antigos voltem a ser aplicados.

Tudo por escrito
Apesar disso, as entidades recomendam ao consumidor que peça ao credor que mencione isso na declaração de renegociação. Para quem não está familiarizado com o termo, vale notar que a declaração de renegociação é um documento assinado pelo credor, que comprova o acordo firmado com o consumidor. É com essa declaração que o consumidor deve pedir a retirada do seu nome do cadastro do Serasa ou SPC.

De qualquer forma, passados 5 anos, o seu nome terá que ser automaticamente retirado do cadastro de inadimplentes como prevê a lei. Caso isso não aconteça, entre em contato com a entidade de proteção ao crédito em cujo cadastro seu nome está incluído e peça a exclusão.



 
Referência: InfoMoney
Autor: Equipe InfoMoney
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Carreira / EmpregoO novo perfil do gestor financeiro
Negócios / EmpreendedorismoComo funciona a contabilidade das empresas
Carreira / EmpregoCompetitivo, eu? Confira os prós e os contras da competitividade
Empréstimo / FinanciamentoCDC - Credito Direto ao Consumidor
Ações / Bolsa de ValoresO que acontece com o investidor amador em ações
LeisNovo Código Civil ? Lei nº 10.406 de 10/1/2002 (Parte Especial) »»» Livro III - Do Direito das Coisas »»» Título I - Da Posse
Cartão de créditoBenefícios de um cartão de crédito internacional
Carreira / EmpregoMais tempo para vida pessoal ajuda em como lidar com a rotina pesado do trabalho
Entrevista de empregoNo processo de seleção, como empresas identificam um profissional inovador?
Carreira / EmpregoQuer controlar o orçamento? Cuidado na hora de escolher modelo de planilha!