Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Carro / Veículo - Conheça 10 maneiras para conservar o seu veículo 

Data: 12/10/2011

 
 
Ele acompanha você diariamente, o leva e traz de seus compromissos e lhe proporciona todo o conforto nas viagens. Mas será que você anda cuidando bem do seu carro?

Lavar aos finais de semana e deixar o carro encerado podem ajudar na limpeza e higiene do veículo, mas não melhoram e não conservam o bom funcionamento dele.

Segundo o especialista da Rede Oficina Brasil, César Costa, cuidados com o motor, injeção eletrônica e pneus podem ajudar a aumentar em 50% a vida útil do veículo. Para ele, também é extremamente importante seguir as instruções do fabricante, principalmente aquelas descritas nos manuais que a maioria dos usuários costuma não ler.

Para o mecânico profissional, Pedro Scopino, ler e seguir o manual do proprietário também são dicas fundamentais para manter o veículo conservado. Ele ainda ressalta que, tomando alguns cuidados, é possível melhor o desempenho e aumentar a vida útil do veículo.

Passo a passo da conservação

Veja agora as 10 dicas que irão ajudá-lo a manter seu carro conservado:

  • Sempre ler e seguir o manual do proprietário. Embora o manual tenha muitas instruções óbvias, tais como abrir uma porta ou dar partida no veículo, sempre vale a pena conferir as instruções de calibragem, de óleo, entre outras importantes.
  • Tenha uma agenda ou um arquivo eletrônico com os serviços efetuados com data, quilometragem e a previsão da próxima manutenção.
  • Calibrar o pneu semanalmente auxilia a manter a durabilidade dele e a economizar combustível. Geralmente na tampa do combustível vem especificada a calibragem adequada para o veículo; se não encontrá-la, vale consultar o manual do proprietário. Lembre-se de que o estepe deve ser calibrado com três libras a mais que os demais.
  • Troque o óleo e o filtro de óleo por quilômetros rodados ou a cada seis meses. Fique atento, pois, independentemente do ano ou modelo, você deve colocar o tipo de óleo indicado pelo fabricante, evite comprar o óleo que está em promoção no supermercado. O uso de óleo não recomendado ao longo dos anos causa diminuição do tempo de vida útil do motor.
  • Faça a manutenção na regulagem do motor (bicos injetores, velas, filtros) entre 20 mil e 30 mil km rodados.
  • Verifique sistema de arrefecimento, mangueiras, água e aditivo do radiador a cada 30 mil km rodados, lembrando que o uso de aditivo na água do radiador é extremamente importante para garantir a refrigeração do motor. A água somente não é tão efetiva quanto o aditivo.
  • Uma dica importante para garantir a vida útil de dois anos da bateria é sempre dar partida com o pé na embreagem, mesmo em ponto morto. Ao fazer isso, o motor vai ficar menos sobrecarregado e assim você economiza tanto o motor de arranque quanto a bateria.
  • Nunca dirija com o pé na embreagem e, ao parar no farol, nunca segure o carro na embreagem e no freio. Sempre puxe o freio de mão: isto não é sinal de inexperiência, mas, sim, de inteligência.
    Cuide dos freios, afinal, eles não são só pastilha, são um sistema bem mais complexo. Ande em velocidade reduzida, não acelere demais nem pare de uma vez e também não desça em ponto morto.
  • E, por último, faça revisões regulares com seu mecânico de confiança a cada seis meses ou 10 mil km.


Mitos
Ligar o carro e não deixar o motor aquecer prejudica o veículo?

Segundo Scapino, isso é mito. Essa técnica serve apenas para carros antigos e modelos carburados bem como carros novos com injeção eletrônica não requerem esse tipo de cuidado.

E descer ladeira em ponto morto economiza combustível?

Segundo Costa, esta teoria não é verdadeira. Os carros com injeção eletrônica já são projetados para liberar a quantidade de combustível necessária, ou seja, quando o condutor acelera, existe um sensor que irá enviar a quantidade de combustível de que o veículo precisa e, automaticamente, vai cortar esse combustível, quando o condutor parar de acelerar. “Descer com o carro desengrenado só vai pôr em risco a segurança do motorista e forçar outras peças do veículo, como o freio, pois a economia do combustível é mesma”, explicou o especialista da Rede Oficina Brasil.

Fazer o rodízio das rodas ajuda o pneu a durar mais?

Sim. Costa explica que o rodízio das rodas pelo menos a cada cinco mil quilômetros ajuda a garantir a vida útil do pneu. “Geralmente o desgaste dianteiro é sempre maior. Fazendo o rodízio, você garante o desgaste por igual e prolonga a vida útil do pneu”, explica.



 
Referência: InfoMoney
Autor: Equipe InfoMoney
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Entrevista de empregoComo conseguir uma entrevista de emprego
LeisCódigo Penal ? Parte Geral »»» Título V - Das penas »»» Capítulo VII - Da reabilitacao
ImóveisFGTS na compra da casa
Negócios / EmpreendedorismoCuidado com os detalhes é segredo da gestão do melhor albergue do Brasil
Carreira / EmpregoInveja no trabalho: por que ele e não eu?
Investimentos / FundosHormônios definem perfil de investimento de mulheres, diz consultora
Negócios / EmpreendedorismoFormação de preços para maximizar lucros
AposentadoriaComo recuperar o tempo perdido?
VendasCliente nervoso também é cliente!
LeisCódigo Penal ? Parte Especial »»» Título III - Dos crimes contra a propriedade imaterial »»» Capítulo III - Os crimes contra as marcas de indústria e comércio