Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Análise técnica (ações) - Compre e venda ações no momento certo utilizando as bandas de Bollinger 

Data: 12/03/2011

 
 

Dentre os diversos indicadores utilizados para a análise técnica, o Bolliger Bands, ou Bandas de Bollinger, é um dos mais populares entre os analistas técnicos. Criado no início da década de 1980 por John Bollinger, o indicador surgiu com a constatação de que a volatilidade dos mercados é dinâmica, e não estática como se pensava naquela época.

A banda de Bollinger é formada por três curvas desenhadas em relação ao preço dos ativos. A banda intermediária é uma média móvel comum e funciona como a base das demais bandas, que ficam posicionadas acima e abaixo da média móvel. É importante ressaltar que a linha intermediária normalmente é uma média móvel de 20 dias.

Identifique o preço alvo do seu ativo
O uso mais básico das bandas de Bollinger é a identificação visual do momento em que o mercado pode ser considerado comprado ou vendido, momentos considerados favoráveis para entrar no mercado, se estiver vendido, ou sair dele, se estiver comprado. Assim, à medida que o gráfico toca ou cruza a banda alta o mercado pode ser considerado comprado, em sentido contrário, quando o gráfico toca ou cruza a banda baixa o mercado pode ser considerado vendido.

Desta maneira, analistas recomendam a utilização das bandas também como uma forma de determinação de preço alvo, tanto para a compra como para a venda do ativo. Assim, se o preço de um determinado ativo cruza a linha média em sentido à banda alta, a cotação que se encontra nesta banda torna-se o preço alvo do ativo. Em sentido oposto, se o gráfico cruzar a média intermediária de cima para baixo, o preço alvo da ação será aquele que coincide com a banda baixa.

Identifique pontos de mudança da tendência
Além disso, a observação do comportamento do gráfico de barras ou candlesticks juntamente com as bandas de Bollinger pode sinalizar momentos de reversão nas tendências do mercado, possibilitando a antecipação de pressões vendedoras ou compradoras.

Assim, quando identificada uma forte tendência no mercado, o gráfico tende a oscilar entre a média móvel intermediária e abanda alta ou a baixa, de forma que quando esse gráfico cruza a média intermediária, este pode ser o sinal de uma reversão da tendência do mercado.

Por exemplo, numa forte tendência de alta o gráfico estará oscilando entre a banda alta e a média intermediária, se o gráfico cruzar a linha do meio, para baixo, atente para uma possível reversão da tendência de alta.

Atente para a distância entre as bandas
Ao utilizar as bandas de Bollinger, não esqueça de observar também a distância entre as duas bandas. É comum, em períodos de grande volatilidade no mercado, que a distância entre as bandas aumente. Em sentido contrário, quando as bandas estão mais próximas, o mercado está menos volátil.

Além da técnica de identificação de reversão citada acima, analistas afirmam que o distanciamento das bandas também pode sinalizar mudanças nas tendências. Fique atento então a momentos em que as bandas divergem ou convergem, pois um início de movimento pode ser identificado quando as bandas estão divergindo, e o fim de um movimento é sinalizado quando as bandas estão convergindo. Vale ressaltar que quando um movimento está no meio, as bandas seguem paralelas.

Combine as bandas de Bollinger com o IFR
Como todo indicador técnico, recomenda-se a utilização das bandas de Bollinger com outros indicadores. Entretanto, estes indicadores devem ter características distintas do indicador de Bollinger, pois indicadores que utilizam o mesmo princípio das bandas deveram apresentar sempre a mesma tendência.

Por isso, analistas recomendam a combinação das bandas de Bollinger com indicadores onde seja possível observar com clareza momentos em que o mercado está comprado ou vendido. O Índice de Força Relativa, conhecido também por IFR, é um bom indicador e pode ser combinado com as bandas de Bollinger.



 
Referência: InfoMoney
Autor: Equipe InfoMoney
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Economizar / PouparVoIP (Tecnologia): use a internet e economize nas ligações telefônicas
Negócios / EmpreendedorismoManter escritório organizado aumenta produtividade
Carreira / EmpregoAté que ponto é possível separar vida pessoal e profissional?
Carreira / EmpregoDepois do sonho de ser mãe: o que se pondera para voltar ao trabalho?
Carreira / EmpregoVeja a diferença de exoneração e demissão e suas consequências
Defenda-sePensão alimentícia
Carreira / EmpregoAntes de reclamar com chefe sobre colega de trabalho, avalie bem a situação
VendasErros Mortais em Vendas
Ações / Bolsa de ValoresDivã do investidor: o que define curto, médio e longo prazo no mercado de ações?
Turismo / ViagensBagagem: Extravio - O que fazer quando passageiro e bagagem não andam juntos